segunda-feira, agosto 27

GRÉCIA ANTIGA - TURMA 51

Bem, pessoal:
Finalmente vamos começar a estudar a Grécia Antiga. Alguns já estavam bem ansiosos, não?! Pois é... demorou um pouquinho, mas chegamos lá.
Nesta terça-feira começamos. Vamos aproveitar! Vamos ler, analisar, conhecer, perguntar, buscar, comentar e tudo o mais que temos direito...
Para início da nossa "viagem" pela Grécia Antiga, sugiro três perguntas:
1) O que a gente já sabe sobre a Grécia?
2) O que a gente gostaria de comentar com o grupo, a respeito desse lugar tão histórico?
3) O que a gente gostaria de aprender sobre a Grécia Antiga?

Depois, além dessas questões aí, a gente tem um monte de coisas dos livros e dos sites da internet.
Bom estudo para nós todos!
-.-.-.-.-.-.-
Então, vai aí o que nós trabalhamos na aula desta terça-feira:
GRÉCIA ANTIGA
A importância da Grécia hoje em dia
Computadores
: eles somente existem por causa da lógica. O princípio básico de funcionamento do computador, é a lógica matemática. Pois: isto foi desenvolvido pelos filósofos e pensadores gregos. Se não fossem estes gregos, nós talvez não tivéssemos computadores tão desenvolvidos como temos. Os gregos foram o povo que mais valorizou a lógica. Mas não o único.
Artes. Os gregos tiveram uma influência bem grande e decisiva nas artes.
Língua. O idioma português é cheio de palavras que estão ligadas ao grego. São radicais, prefixos e desinências gregas.Exemplos podem ser encontrados no seguinte endereço eletrônico:
http://www.brasilescola.com/gramatica/radicais-prefixos-gregos.htm Palavras comuns que utilizamos no dia a dia escolar, como, por exemplo: geografia, psicologia, odontologia, enfim, todas as “logias”.
Além disso: Arquitetura, poesia, filosofia (pensadores), etc.
O professor Mário Schmidt diz que “os gregos são nossos avós intelectuais”. (p. 133)

Dificuldades com a natureza
O clima da Grécia era bem agradável, mas o solo não era fértil. Por isso não tinha muita agricultura. Mas apesar das dificuldades eles cultivavam várias coisas. A gente fica até admirado como eles conseguiam ter este tanto de agricultura se as condições não eram favoráveis...
Como era a pecuária? Criação de bois era rara, por causa da falta de comida para os animais. Se já era difícil ter agricultura para a alimentação humana, o que dizer de gastar comida com animais!?!? Portanto eles criavam carneiros, porcos, cabritos e, em algumas regiões, cavalos.
Além disso a Grécia é composta por várias montanhas. Ora, nas montanhas não é adequado para se praticar a agricultura.
Porém o litoral da Grécia é bastante recortado e, apesar de não ser muito favorável para a agricultura, permite bom desenvolvimento da atividade pesqueira. Existe uma abundância de pesca por causa da abundância de mar, e a pesca fica favorecida por causa das muitas baías, onde os barcos podem estar protegidos.

Origens da civilização grega
O povo grego é o resultado da mistura de vários povos diferentes...
O primeiro ou mais antigo do qual se tem notícia era o povo da ilha de Creta – chamados de “civilização cretense” ou, também, “civilização minóica”. Por que “Minóica”? Por causa do rei “Minos”. Essa civilização teve seu auge pelos anos 2000 a.C. os arqueólogos encontraram, no século XX, os restos (ruínas) da antiga cidade de Cnossos – que foi a mais importante dos cretenses.
Mesmo naquele tempo tão antigo o rei já tinha um palácio muito chique, grandioso, com várias galerias – que mais parecia um labirinto.
Bem, por volta de 1900 a.C um outro povo chegou nesta parte da Grécia. Tratava-se dos Aqueus, vindos da Ásia. Eles se instalaram nas redondezas de Creta, misturaram-se com os cretenses e, da mistura dessas duas culturas surgiu a civilização “Micênica” (nome que vem de Micenas, mais importante cidade dos Aqueus).
Esse povo de Micenas era “craque” em navegação e, por conseqüência, em comércio. Comerciavam com o Egito, a Mesopotâmia, e alguns povos da Itália.
Foi por causa de disputas comerciais que os Aqueus atacaram e destruíram a cidade de Tróia. Sobre a guerra dos aqueus contra os troianos existem vários registros feitos pelos “poetas” da época. Por exemplo: Homero, que escreveu um “poema” chamado Ilíada, que falava sobre esta guerra.
Obs.: Neste endereço eletrônico você pode ler algumas lendas ou mitos da Grécia Antiga: http://greciantiga.org/mit/mit05-6.asp

Tarefa para a turma 51: Fazer um resumo, em tópicos, das principais idéias dos seguintes títulos do livro: “As invasões Dóricas”, “As mudanças na Economia”, “A Expansão Colonial” e “Os Hoplitas”.

2 comentários:

Irmo Arnaldo Hübner disse...

Usem este espaço para fazer suas contribuições sobre a Grécia Antiga

Júlia Luísa dos Santos disse...

Julia